terça-feira, 19 de julho de 2011

Conscientize-se: Carne de Vitela ou Baby-Beef


A carne de vitela é muito apreciada por ser tenra, clara e macia.

O que pouca gente sabe é que o alimento vem de muito sofrimento do bezerro macho, que desde o primeiro dia de vida é afastado da mãe e trancado num compartimento sem espaço para se movimentar. Esse procedimento é para que o filhote não crie músculos e a carne se mantenha macia.

Baby beef é o termo que designa a carne de filhotes ainda não desmamados.
O mercado de vitelas nasceu como subproduto da indústria de laticínios que não aproveitava grande parte dos bezerros nascidos das vacas leiteiras.Veja como é obtido esse ‘produto’:

Assim que os filhotes nascem, são separados de suas mães, que permanecem por semanas mugindo por suas crias.

Após serem removidos, os filhotes são confinados em estábulos com dimensões reduzidíssimas onde permanecerão por meses em sistema de ganho de peso, alimentação que consiste de substituto do leite materno.

Um dos principais métodos de obtenção de carne branca e macia, além da imobilização total do animal para que não crie músculos, é a retirada do mineral ferro da sua alimentação tornando-o anêmico e fornecendo o mineral somente na quantidade necessária para que não morra até o abate.

A falta de ferro é tão sentida pelos animais, que nada no estábulo pode ser feito de metal frruginoso, pois eles entram em desespero para lamber esse tipo de material.

Embora sejam animais com aversão natural à sujeira, a falta do mineral faz com que muitos comam seus próprios excrementos em busca de resíduos desse mineral. Alguns produtores contornam esse problema colocando os filhotes sobre um ripado de madeira, onde os excrementos possam cair num um piso de concreto ao qual os animais não tenham acesso. A alimentação fornecida é líquida e altamente calórica, para que a maciez da carne seja mantida e os animais engordem rapidamente. Para que sejam forçados a comer o máximo possível, nenhuma outra fonte de líquido é fornecida, fazendo com que comam mesmo quando têm apenas sede.

Com o uso dessas técnicas, verificou-se que muitos filhotes entravam em desespero,criando úlceras pela sua agitação e descontrole no espaço reduzido.

Uma solução foi encontrada pelos produtores: a ausência de luz; a manutenção dos animais em completa escuridão durante 22 horas do dia, acendendo-se a luz somente nos momentos de manutenção do estábulo.

No processo de confinamento, os filhotes ficam completamente imobilizados, podendo apenas mexer a cabeça para comer e agachar, sem poderem sequer se deitar. Os bezerros são abatidos com mais ou menos 4 meses de vida, de uma vida de reclusão e sofrimento, sem nunca terem conhecido a luz do sol.

E as pessoas comem e apreciam esse tipo de carne sem terem idéia de como é produzida.

A criação de vitelas é conhecida como um dos mais imorais e repulsivos mercados de animais no mundo todo. Como não há no Brasil lei específica que proíba essa prática – como na Europa – o jeito é conscientizar as pessoas sobre a questão.

Nossa arma é a informação. Se souber o que está comendo, a sociedade que já não mais tolera violências vai mudar seus hábitos. Podemos evitar todo esse sofrimento não comendo carne de vitela ou Baby-beef e repudiando os restaurantes que a servem.

O consumidor (assim como o eleitor) tem força e deve usar esse poder escolhendo produtos, serviços e empresas que não tragam embutido o sofrimento de animais inocentes.

Fonte: Instituto Nina Rosa – Projetos por Amor à Vida – Se você anseia por uma sociedade mais humana e sem violência, repasse esse e-mail.

A VIDA AGRADECE.

Fonte: Profª Maria de Lourdes Pereira Dias
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – CSE/CNM – Campus
Universitário / Trindade / 88.040.900 – Florianópolis (SC) – B R A S I L

Mais informações:
A verdadeira face da comida hoje em dia-Parte 1

  
Hospital Espiritual do Mundo agradece os irmãos do SITE INSTITUTO NINA ROSA e a PROFª MARIA DE LOURDES PEREIRA DIAS pelo Artigo que engrandeceu este espaço de Aprendizagem e encontros Sagrados. 
Se deseja compartilhar e divulgar estas informações, reproduza a integralidade do texto e cite o autor e a fonte. Obrigada. Hospital Espiritual do Mundo.

NOTA.: As imagens usadas neste site foram tiradas da net sem autoria das mesmas. Caso alguém conheça o autor das imagens, agradeceremos se nos for comunicado, para que possamos conferir os devidos créditos. Grata, Esperança.

11 comentários:

  1. Minha amiga não sabia disso,apesar que não como este tipo de carne, muita maldade mesmo, como pode,o homem realmente é muito desumano muito desumano, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  2. Amada irmã Luconi,

    Graças a Deus não como carne!!!
    Meu coração esta despedaçado com isso. Infelizmente esta é uma das fábricas da maldade para aqueles que dizem ser “seres humanos” que cresce todos os dias. Quem poderá mudar isso? Nós mesmos quando nos conscientizarmos da realidade e paramos de consumi-la. Sabe o que fico pensando minha amada irmã? O que Deus anda pensando de todos nós!!! É muita maldade para com almas tão puras. É vergonhoso e desumano.

    Abraços de luz

    ResponderExcluir
  3. Nossa.... ainda bem que nunca comprei e nem vou comprar!

    ResponderExcluir
  4. Amada Gatinha Lili,

    Você leu que coisa triste! Ainda bem que a titia aqui não come carne. Mil felicidades no dia do amigo para você princesa do meu coração e todos seus amiguinhos.

    Abraços de luz

    ResponderExcluir
  5. Carne de vitela sim. Mas baby beef não. O baby beef é o olho da alcatra, e não tem nada a ver com a vitela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amada irmã Deborah,

      Agradeço as informaçoes passadas, mesmo assim amada a crueldade é a mesma.

      Abraços de luz

      Excluir
    2. Que horror sofrimento para morrer estou passada nunca comerei essa carne alguém tem que fazer algo contra isso urgente muito triste

      Excluir
  6. Vou comer, ainda hj.

    ResponderExcluir
  7. ... Eu quase pasmei quando soube dessa crueldade dos carnívoro!!! Enfim;porquê comemos carne,hein? Não devs.Afinal, apodrece tudo por dentro e nos adoece.Verdade verdadeira!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amado irmão,
      Primeiro quero agradecer sua visita e seu comentário. As portas do Hospital Espiritual do Mundo estarão sempre abertas para você e todos os seus amigos. Irmãozinho planetário, a crueldade do monstro humano não tem limites, ontem mesmo estava assinando petições e envie através do face book (ESPERANÇA SILVA) para diversos irmãos como nos para ajudar os animais indefesos. Só para você ter uma ideia na koreia matam mais de dois milhões e meio de cachorros escaldados em sacos para comerem e falam que e cultural. E isso que você ouviu meu amigo, já nas Filipinas não e diferente, só muda a forma de crueldade, pois tiram a pele dos cachorros ainda vivos. Passei dois dias em prantos por essa noticia. Não saberia lhe responder o porquê as pessoas comem carne, só respondo por mim que sou espiritualista e amo profundamente os animais. Como pode pessoas que para mim são monstros, acharem no direito de prender, bater, matar e comer animais tão indefesos? Bom, espero que as informações tenham sido validas para ti, compartilhe com seus amigos. Volte sempre para nos visitar, será inteiramente bem vindo.

      Abraços de luz

      Excluir
  8. colocando religiao como uma das formas de defesa? bom, Deus criou os animais para nos alimentar também, voce pode ver isso lendo a biblia onde vemos desde os sacrificios de animais como o bezerro até alimentos comidos em festividades durante todo o ano. concordo que o modo de produção de algumas carnes é desumano, e não os apoio, porem nao concordo em deixa de comer carne, afinal ela traz proteinas, vitaminas e alimentam maravilhosamente, alem de serem deliciosas. podemos sim conscientizar as pessoas de barbaridades como a citada aqui, mas sem nos privar de tais alimentos como a carne de alimais concedidos a nós por Deus. ate

    ResponderExcluir

Não se Preocupe! Os comentários aparecerão em breve.